Como fazer cerveja artesanal?

como fazer cerveja artesanal

Como fazer cerveja artesanal?

Aprenda de uma vez por todas como fazer cerveja artesanal e se aventure como muitos outros cervejeiros.

Esse processo dura cerca de 8 horas. São 7 dias de fermentação, 7 dias para a carbonatação e 10 dias de maturação.

Como fazer cerveja artesanal: passo a passo

como fazer cerveja artesanal

1 – Moagem

A moagem tem como objetivo quebrar os grãos para que o endosperma seja exposto, desta forma, as enzimas irão agir de forma mais fácil sobre o amido, entretanto a casca deverá ser mantida intacta, pois será útil na filtração do mosto.

No cenário onde a moagem seja fina poderá ser causado o entupimento da lavagem e da filtração, mas se for muito grossa o exercício enzimático será dificultado, o que irá gerar eficiência baixa.

2 – Preparação da água e como fazer cerveja artesanal

É indicado que a água não cheire e nem tenha cloro. Pode ser água filtrada ou mineral, tudo irá depender dos interesses do cervejeiro.

Meça o PH com o malte misturado à água e juntos deverão ter o PH perto de 5,2 para que a atividade das enzimas e a conversão de amido em açúcares fermentáveis seja feito da melhor maneira.

Os grãos são ótimos auxiliares na hora de fazer o ajuste de PH, pois quando são colocados na água, deixam o PH perfeito para que as etapas aconteçam da forma mais correta possível.

A quantidade de água utilizada é a quantidade final que o cervejeiro deseja, desta forma.  

3 – Brassagem

A conversão do amido oriundo do malte em açúcares menores é o objetivo desse processo. Tem também a quebra de proteínas e polipeptídio do malte em menores frações e assim resultará a qualidade da espuma da bebida.

Em situações onde o cervejeiro trabalha com cereais que são ricos em proteínas, acontecerá o repouso protéico, de 50-55º C.

Se não houver esses grãos na receita, a próxima etapa poderá ser iniciada.

Quando a temperatura for 55-72ºC, será necessário fazer a quebra dos açúcares maiores em menores.

A capacidade de fermentar do mosto, no teor alcoólico e no corpo da cerveja, será inferido por meio da configuração dos açúcares. Muito açúcar fermentável é sinal de uma cerveja com menos corpo e mais álcool. 

Quando o processo for na temperatura 75-79ºC, o objetivo é a parada da atuação enzimática.

Necessita muito cuidado para que a temperatura não aumente, pois dessa maneira poderá haver extração de polifenóis e isso gerará adstringência no sabor da cerveja.

Esse processo pode levar até 90 minutos.

4 – Clarificação do mosto, lavagem e filtração

Para fazer essa de como fazer cerveja artesanal será necessário que separe o grão do mosto e descarte os grãos.

A função do grão é atuar como ferramenta de filtro e impedir que leve sedimentos para a fervura o que pode gerar um mosto claro, sendo assim, utiliza-se o fundo falso.

Ao fim da brasagem e após adequar o equipamento, espera-se 15 minutos até que os grãos cheguem ao fundo e filtrem melhor. Ao fim desse tempo, por meio da torneira, o mosto deve ser retirado.

O mosto será devolvido para a panela e ficará ali até que solte partículas sólidas, e após o fim desse processo, poderá ser retirado da panela e adicionado na água de lavagem.

5 – Processo de lupulagem e de fervura

Concentração do mosto, evaporação de substâncias indesejadas e esterilização do mosto, são as funções da fervura do mosto na hora de produzir uma cerveja.

Após o mosto começar a ferver, destampe a panela para que seja eliminado as substâncias que podem provocar sabores e aromas desagradáveis à bebida.

Os lúpulos de amargor serão colocados no início da fervura, o lúpulo precisará ser fervido por 60 minutos e assim liberará o amargor. Já o lúpulo de aroma deve ser adicionado no fim do processo.

Quantos menos esses lúpulos forem fervidos, melhor será para o aroma da cerveja, por isso adicione-os nos 15 minutos finais.

6 – Resfriando e decantando o mosto

O mosto resfriado deverá ser resfriado bem rápido para a temperatura de inoculação do fermento.

É importante que nesse momento as partículas sólidas sejam decantadas, sendo assim, fazer movimentos circulares com a colher poderá ajudar. Após isso iniciará o resfriamento.

Ao utilizar o chiller, a água irá trocar de temperatura como o mosto e é importante ter cuidado para evitar contaminação. Esse processo é rápido e importante na coagulação de proteínas e polifenóis.

7 – Fermentador e como fazer cerveja artesanal

Quando o fermento chegar na temperatura ideal, o mosto deverá ser transferido para o balde fermentador.

Assim, deixe o mosto oxigenar durante a fermentação, desta forma, a ação da gravidade gera a queda do mosto para a panela do fermentador.

E assim esse processo é finalizado concluindo a produção de como fazer cerveja artesanal.

Empenho e dedicação!

como fazer cerveja artesanal

No processo de como fazer cerveja artesanal é preciso de muitas dedicação e empenho, pois é uma receita complexa, mas não desista, pois é possível de fazer. Compartilhe esse texto nas suas redes sociais!

Você sabia que pode levar a sua Icerveja fresca para beber em casa? Para isso é só comprar growler de cerâmica da Siphon Growlers! Conheça nossos modelos!

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *